“I want to shoot!””I want to shoot!” (Ooru – Mangá)

“Consegui apagar do meu espírito toda a esperança humana

(Uma Estadia no Inferno, de Arthur Rimbaud)

Com problemas financeiros e querendo se promover na revista na qual é editor, Takeshi Antai resolver ser ambicioso e ir atrás do famoso mangaká Kozosanou que se auto-exilou na ilha de Yonatou, afim de convencê-lo a voltar a desenhar. Isolado em uma casa abandonada, Sanou sofre de um bloqueio criativo ou até mesmo uma desilusão e a perda de vontade de desenhar, tendo um ligeiro desconforto com a própria indústria de mangás. Seria isso uma crítica a mesmisce dos roteiros de animes e mangás? Sem sucesso na tentativa de persuadir, Antai leva-o a um bar (e que este fazia parte de um clã de mafiosos), mas nem imaginava que isso seria um desígnio que mudaria completamente suas vidas. O bar vira palco para um tiroteio entre os yakuzas locais. Sanou consegue uma arma caída no chão e acaba matando o assassino que entrara no bar para eliminar o chefe do clã Jinbaru. Sanou fica seduzido pelo desconnhecido desejo que estava até então restrito no imaginário de suas histórias em quadrinhos, altamente dirigidas ao infinito. Assim os dois iniciam juntos uma parceria insana, mergulhando nas atividades criminosas da Yakuza – Sanou querendo descobrir um sentido para a vida, e Antai pensando em transformar essa aventura irresponsável em um novo mangá de sucesso. Só que nem sempre os planos correm como esperado.
Os Traços rústicos de Jun Hanyunyuu refletem o descontrole e a agressividade muito bem relacionado no enredo da história. O incrível pensar é que Ooru (azul em japonês) também é uma cor de luto, de desgraça, de mentira e de frieza. Segundo o alcorão: o azul indentifica os criminosos no dia do juízo. Só de imaginar, já vale a pena, o que está por vir nas próximas edições, teremos muitas surpresas neste belo lançamento e a incrível volta da editora Conrad no diferencial dos mangás publicados no Brasil.

Ooru #01de Jun Hanyunyuu
policial / adulto
R$ 12,90
Formato: 13,4 x 20,2 cm
176 Páginas
Bimestral
5 volumes
Similares: Crying Freeman, Monster, Oldboy, Yuki, Sanctuary.

Um comentário sobre ““I want to shoot!””I want to shoot!” (Ooru – Mangá)

  1. Glauco, comprei o Homunculus por indicação tua aqui e adorei, se você tiver mais indicações de mangás, não deixe de avisar. Esse aqui eu vou comprar hoje mesmo, parece ser jóia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s