John Oswald encontra Mogwai

A Música

Certamente esse encontro nunca ocorreu, ou quem sabe já possa ter existido. Mas o que viria ao caso aqui seria um encontro de idéias e atitudes. O que irei relatar é um fato que me fez pensar muito. Propriamente, algo interessante sobre o que ocorreu na comunidade da banda escocesa Mogwai na Orkut meses antes do lançamento oficial de seu quinto álbum “Mr. Beast”. Um dos participantes disponibilizou, para nós fãs da Mogwai, afim de que todos pudessem ouvir e comentassem sobre o mesmo. E uma das faixas me chamou atenção e sem dúvida fiquei admirado pela atitude da Mogwai que não é muito de se estranhar para já acompanha a banda um bom tempo (mesmo no final de suas apresentações tendo referências máximas ao j-noise), mas invocando o estilo celebre “plunderphonics” seria algo fabuloso e muito inovador por parte da banda. Evidente que muitos estranharam, aliás tudo que é inovador estranha mesmo para os nossos ouvidos, e ai surgirão as questões – claro que fui o próprio pivô confesso da polêmica. Será que a música “Friend of The Night” é mesmo deste jeito ou realmente está com defeito? Comecei afirmar que a banda evoluiu muito em fazer tal música. E logo as pessoas se interessaram pelo argumento, outros já pensaram que eu era doido mesmo em acreditar nisso. Mas não era não, era uma possibilidade da música ser daquele jeito mesmo. E para reforça a minha tese sobre isso citei vários exemplos: John Oswald, Negativeland, People Like Us, Brain Flakes, ECC, entre outros. Muitos odiaram, outros gostaram – o grande charme da arte de vanguarda. A questão dos gostos e como é difícil, bem isso já uma outra história . No fim para minha decepção a música estava com defeito e o álbum que ouviria tanto perdeu a graça. Mais tarde fiquei sabendo que causa do defeito seria na hora de ripa-lo ou o próprio CD teria alguma proteção de DRM (Digital Rights Management), humpf… Tinha que ser!

A Idéia

O que seria na verdade plunderphonics? Plunderphonics é um conceito criado por John Oswald (o Papa do Sampler) na qual se utiliza músicas conhecidas e fazer o que seria uma espécie de colagem a fim de criar texturas sonoras e descontruções, etc. Teoria essa que gerou muito polêmica entre os artistas que levou alguns de seus albuns a serem destruidos pelas gravadoras. Além de Oswald, Vicky Bennett (foto) do projeto People Like Us faz sempre discotecagens exóticas com mistura com vários gêneros musiciais. Também não posso deixar de citar um belo e execelente trabalho é o documentário “Copyright Criminals: This is a Sampling Sport (10 min Work in Progress)” que ilustra bem a dificuldade de artistas em recriar a música.

Aqui no brasil, cheguei a lançar uma coletânea junto com a National “A Alucinação Coletiva do Virtual – plunderphonics all stars (2001)” ,  é uma compilação feita com músicas proibidas de
vários artistas que fizeram músicas utilizando-se do conceito “basicamente destina-se a sintetizar o processo de apropriação sonora de materiais já feitos por outros artistas (ou seja, música, palavras eoutros objetos sonoros).” Tem de tudo: uma faixa rara e inédita do Brian Eno com o David Byrne, uma música do Negativeland com sample de U2, música do John Oswald feita em cima de “Bad”, do Michael Jackson, faixa do Tape-Beatles, só com samples de gritos tirados de músicas dos Beatles, e a sensacional Portsmouth Sinfonia, uma orquestra formada por pessoas que não sabem tocar absolutamente nada, tocando uma versão de “Satisfaction”, da Rolling Stones. E ainda Gerogerigegege, Otomo Yoshihide, Mexican UFO Religion e muitos outros. No verso do encarte, fizemos questão de incluir, na íntegra, o texto “A Alucinação Coletiva do Virtual (Nova Hegemonia Elimina o Tempo Histórico e Suprime Até Mesmo a Possibilidade do Apocalipse)”, do Jean Baudrillard. Além deste trabalho também dois álbuns “Sampler Vírus I e II” segue o mesmo conceito, mas só por nós mesmo. Todos eles você pode adquirir no site da Bizarre .

John Oswald
Mogwai

sobre a National e a coletânea:
Bizarre Music
Documentário “Copyright Criminals : This is a Sampling Sport (10 min Work in Progress)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s